Somos Filiados:

Últimas Notícias

Página inicial » Últimas Notícias » Notícia « Voltar
Auditores Fiscais movimentam Assembleia Legislativa em defesa do teto único

Junto a outras categorias, auditores fiscais de todo o Estado movimentaram a Assembleia Legislativa nesta terça-feira, 20, para acompanhar o trâmite da PEC 02/17. Presença na sessão na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ), visita ao gabinete do presidente da Casa, dep. Mauro Carlesse (PHS) e uma reunião para balanço das ações em defesa da matéria marcaram a passagem dos servidores pelo parlamento.


A comissão representada por sete sindicatos lotou o plenarinho para aguardar a apresentação da relatoria do deputado Ricardo Ayres (PSB), prorrogada para apreciação do parecer favorável emitido pela Procuradoria Geral da Assembleia. “Ficou provado que somente com a união de todos iremos aprovar nossa PEC. A luta continua! Conseguimos um Parecer favorável da Procuradoria da Assembleia, agora vamos em busca do Parecer favorável da CCJ. Na próxima terça precisamos continuar com a presença maciça”, alertou o presidente João Paulo Coelho Neto em declaração feita pelas redes sociais.

 


Do plenarinho, os servidores seguiram para o gabinete de Carlesse, onde o Sindfiscal reforçou o entendimento da viabilidade legal e orçamentária da propositura. “O parecer da Procuradoria atesta a legalidade que nós já defendíamos. Vamos avançar na garantia constitucional dos direitos dos servidores do Estado”, ponderou João Paulo Coelho Neto, que aproveitou o uso da palavra para passar às mãos de Carlesse um documento informativo preparado pelo sindicato, constando justificativa para propositura e o parecer assinado pelo procurador Divino José Ribeiro. Carlesse afirmou estar convencido de que não há impacto financeiro e incentivou  tratativas individuais com os demais parlamentares.Uma reunião entre os servidores encerrou a agenda de atividades no parlamento. 
  



Os deputados Rocha Miranda (PMDB) e Nilton Franco (PMDB), que tiveram papel fundamental para o início da tramitação, também compareceram ao encontro entre legislativo e servidores. Para Miranda “está mais do que provado que a PEC não é um bicho papão. Mas tem o efeito de corrigir injustiças, de acordo com o que já foi realizado em 21 Estados”. Já Nilton Franco pediu ao presidente que intervenha por celeridade no encaminhamento da matéria ao plenário. Uma reunião entre os servidores encerrou a agenda de atividades no parlamento. 




 

Confira Veja mais