Artigo

Antes de votar Previdência é preciso combater a corrupção e sonegação, diz Elias Vaz

12/11/2018 10h33 - Atualizado em 12/11/2018 10h44

Deputado federal eleito comentou sobre a polêmica em relação à pressa que parlamentares têm tido de votar projeto em Brasília


O deputado federal Elias Vaz (PSB) adiantou que fará oposição a qualquer proposta que penalize o trabalhador no Congresso, a partir de 2019.

O parlamentar goiano afirma que antes de mudar as regras da Previdência, que tem sido discutidas recentemente, é imprescindível promover o combate à corrupção e sonegação de grandes empresas. “Antes disso, qualquer coisa seria colocar todo o ônus no trabalhador”, salienta.

Vaz sugere, ainda, que qualquer projeto de reforma deve se dirigir a novos contribuintes e não retroagir a quem já recolhe os valores para a aposentadoria. “A Previdência é um contrato entre Estado e trabalhador. Vamos mudar as regras desse contrato no meio do jogo? Essa reforma deve ser feita com quem está entrando no regime de contribuição”, pondera.

Fonte: Jornal Opção/ Fenafisco